Ronaldo Castro de Lima Júnior

Escrevo, quando dá na telha.

Em chamas

Dia 15 de abril de 2019, Paris e Jerusalém, Notre Dame e Haram ash-Sharif, queimam no mesmo momento.
Aparentemente foram acidentes, em ambos os casos. E mesmo que não tenham sido, divulgar um possível atentado pode ser ainda mais trágico, conforme

Mapa Celeste para Paris em 15 de abril de 2019, às 18:30h

as estratégias do poder vigente.
Há muito o que se dizer sobre o desinteresse religioso ocidental que transforma nossas catedrais em museus, ou em cinzas, ou as reconstrói se forem centros turísticos – 13 milhões (que número) de turistas não é pouca coisa para a economia.
Notre Dame não sofre seu primeiro golpe e sabemos que a “revolução”, tão cantada, ainda não terminou para boa parte dos humanistas e tecnocratas que vêem no passado um empecilho. São todos pobres diabos que não percebem que essa revolução contínua já procura se livrar do próprio humanismo, abrindo o caminho não só para outras crenças “medievais”, mas para uma robótica cega ao infinito.

Loading Facebook Comments ...

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*


Lista dos artigos