Jacó lutando com o Anjo – Rembrandt

O Clamor da Luz

Donde vem a luz
que clama no deserto
a quem pertenço:

que clama sem sossego
sobre um destino cego
que não venço?

Ângelo Monteiro

 

 


O Sinal

A obediência é um passo parado

Que as asas dos anjos cobrem de silêncio:

O jugo das coisas sob seu doce jugo

Dissolve-se ao fervor de um sol de bênçãos.

 

Ângelo Monteiro


Maria, Ave Felix

Anunciação – Simone Martini e Lippo Memmi

E o Anjo lhe diz:

“És flor que despetalo:

Sobre as chamas mais rubras do querer

O amor na transparência do seu halo.

 

Dobra-te toda à hóstia do rocio

Inclina a haste ao derradeiro abalo:

Perante a rosa que se submete

O ardor da vida – esta serpente – calo.”

 

Ângelo Monteiro